• Economia 13/04/19 | 09:03:30
  • Primeiro trimestre de 2019 tem pico de abertura de empresas
  • Estado também se destaca sendo o 3° maior importador do país
diminuir o tamanho do texto aumentar o tamanho do texto
  • Fonte/Autor: Assessoria de Imprensa
  • Foto: Imagem ilustrativa/Google

Santa Catarina registra recorde de novos negócios no primeiro trimestre deste ano com 34,8 mil empresas constituídas na Junta Comercial de Santa Catarina (Jucesc) até o mês de março. O crescimento de quase 30% em relação à média de 2018 é o maior dos últimos três anos. Em 2018, foram 27 mil novas empresas, no período e, 21,7 em 2017. Este ano, o saldo entre empresas constituídas e baixadas foi 22,7 mil até agora.

Assim como ocorreu no Estado, três cidades catarinenses também se destacaram na média mensal para o surgimento de empresas no trimestre, são elas: Joinville, Blumenau e Lages, com 32%, 31% e 28%, respectivamente, de novos negócios.

Os números positivos que também surgem em outros setores evidenciam o início da retomada da economia. As exportações catarinenses cresceram 12,8% na passagem de fevereiro para março, registrando crescimento de 4,4% nos últimos 12 meses. O Estado também se destaca pela competitividade dos portos sendo o 3° maior importador do país. As importações pelos portos catarinenses acumulam crescimento de 10,7% em 2019.

A economia catarinense gerou 25,3 mil novos postos de trabalho em fevereiro. Foi o terceiro Estado que mais gerou empregos no mês, depois de ter liderado em janeiro (com a criação de 20,2 mil). O saldo do mês supera em 55,2% o de fevereiro de 2018. O número de empregos formais acumula crescimento de 2,3% neste ano quando comparado com o mesmo período do ano passado.

comentários