• Esporte 15/05/17 | 12:57:43
  • Ipiranga FC/São Marcos – 78 anos de glórias
  • MOMENTOS DE UM CLUBE QUE GRAVOU SEU NOME NA HISTÓRIA
diminuir o tamanho do texto aumentar o tamanho do texto
  • Fonte/Autor: Blog La Pelota com Informações extraídas do blog Boteco do Pardal
  • Foto: Divulgaçãi

INÍCIO - No final da década de 30, jovens da pequena comunidade de São Marcos, que pertencia na época para Campos Novos começaram a jogar bola em um campo improvisado no potreiro de Luiz Ceron. Nascia ali a história do Ipiranga Futebol Clube, fundado em 07 de maio de 1939 e que teve como primeiro presidente Pedro Salla, também doador do terreno onde hoje se encontra a sede social do clube. As suas cores são o azul e o branco.

PERSONAGENS - Muitas pessoas foram fundamentais para o sucesso do Ipiranga, mas algumas marcaram seu nome na história do clube de São Marcos. Impossível não falar de Pedro Salla, seu fundador e primeiro presidente. João Zebetti, que fez parte do início do clube foi o primeiro grande craque, mas os irmãos Antoninho e Mario Salla provavelmente foram os melhores jogadores da história do Ipiranga. Almerindo Ceron foi o presidente da melhor fase da história do time, quando o alvianil do meio-oeste disputou a segunda divisão do catarinense.

HISTÓRIAS - Alguns fatos ficaram marcados na história do clube, uns pela importância outros por peculiaridades. Na década de 50 Angelina Rossato Thomé foi escolhida a melhor torcedora do time e teve como prêmio dançar com o melhor jogador na época, Antoninho Salla. Em 1985 a reinauguração do clube ficou marcada, pois conseguiu unir ainda mais a comunidade e a partir daí o clube teve sua retomada.

DÉCADA DE OURO - Os anos 80 ficaram marcados como o principal período da história esportiva do Ipiranga, pois conseguiu naquela década conquistar quatro vezes o campeonato regional amador (81 a 84), conquistar em 1984 o campeonato estadual amador e ainda disputar por quatro temporadas a segunda divisão do campeonato catarinense.

A primeira partida da decisão do estadual amador foi em Tangará e o Ipiranga venceu por 1 a 0, no jogo de volta em Apíuna contra o Asa Branca empate em 1 a 1, com direito a defesa de pênalti do goleiro Gilmar "Ferreiro" nos minutos finais de partida. Nas temporadas que disputou a segundona destaque para a vitória por 2 a 1 diante do Figueirense de Albeneir no Estádio Municipal Julio Fuganti para delírio da torcida, que compareceu em massa para prestigiar a equipe. Naquela tarde de quarta-feira a cidade parou e muitas empresas fecharam as portas, dispensando os funcionários para que pudessem acompanhar a partida.

PRESENTE - Atualmente o Ipiranga Futebol Clube vive mais uma grande fase graças ao empenho de uma diretoria batalhadora. O sucesso não é apenas no futebol, mas também na área social, com suas festas, bailes e outras promoções. Aliás, os cinco títulos municipais conquistados nos últimos anos e três taças Vagner Pilatti foram conseguidos não só pela qualidade do time dentro de campo, mas principalmente pelo trabalho incansável de pessoas que tem um único interesse, o sucesso do Ipiranga e da comunidade de São Marcos.

Equipe tangaraense também disputou Regional de Amadores da LEOC, onde em 2009 foi eliminado para o Pinheiro FC de Campos Novos na semifinal.

Na história mais recente, equipe do Ipiranga de São Marcos (o Majestoso), sagrou-se bicampeão invicto da Copa Regional dos Campeões, em 2014 e 2015.

comentários