• Estado 12/02/19 | 08:30:45
  • Governador anuncia concurso para a Polícia Militar
  • Também foi anunciada a prorrogação da Operação Veraneio
diminuir o tamanho do texto aumentar o tamanho do texto
  • Fonte/Autor: Assessoria de Imprensa
  • Foto: Secom

O governador Moisés, acompanhado do comandante-geral da Polícia Militar de Santa Catarina e atual secretário da Segurança Pública, coronel PM Carlos Alberto de Araújo Gomes Júnior, utilizou as redes sociais para anunciar a abertura de concurso com mil vagas para o ingresso na carreira da Polícia Militar e a prorrogação da Operação Veraneio até 11 de março.

Juntas, as duas medidas representam um investimento de mais de R$5,4 milhões do Governo do Estado. O processo para o lançamento do edital do concurso será conduzido pelo departamento jurídico da PM. O coronel Araújo Gomes destacou que as duas ações são fundamentais para o desempenho da atividade policial com foco na redução dos índices de violência no estado. 

Os resultados da Operação Veraneio e toda a força técnica e operacional dedicada à mobilização também visam alavancar o setor do Turismo, que representa cerca de 13% do PIB catarinense. "Turismo é feito de experiência, se ela for boa, o visitante volta. Nesse aspecto, a segurança é fator decisivo na escolha do visitante, da mesma forma em que o morador local também precisa viver e estar seguro", enfatizou Moisés.

 

Operação Veraneio em Santa Catarina

A Operação Veraneio 2018-2019 é uma das maiores mobilizações de prevenção e segurança desenvolvidas no estado e nesta edição ocorre em 61 dos 295 municípios catarinenses. Coordenada pela Secretaria de Estado da Segurança Pública, a Operação reúne polícias Civil, Militar e Rodoviária, Bombeiros, IGP e Detran, as secretarias da Defesa Civil e da Justiça e Cidadania, Exército, Marinha, Aeronáutica, polícias Federal e Rodoviária Federal, bem como as prefeituras abrangidas por meio das guardas municipais.

Cerca de nove mil profissionais de segurança pública e outros mil guarda-vidas contratados contam com cerca de duas mil viaturas, sete helicópteros e três aviões, além de quadriciclos, motonáuticas e embarcações.  As corporações também contam forte apoio tecnológico e, de forma inédita nesta Operação, um sistema de inteligência analítica foi adotado pela SSP. A plataforma tecnológica permite acompanhamento em tempo real das ações de segurança em andamento. 

comentários