• Estado 15/04/19 | 08:55:10
  • Governo do Estado vai ampliar serviço de acolhimento ao imigrante
diminuir o tamanho do texto aumentar o tamanho do texto
  • Fonte/Autor: Assessoria de Imprensa
  • Foto: Secom

A política do imigrante de Santa Catarina passará por mudanças após o segundo semestre de 2019. A Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação (SST) vai ampliar o atendimento aos que chegam ao Estado, por meio dos municípios, dentro dos serviços oferecidos pelos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) e Centros de Referência Especializado em Assistência Social (Creas).

A secretária de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação, Maria Elisa De Caro, explica que tem se observado um aumento constante de imigrantes que chegam ao Estado, indo para todas as regiões catarinenses. "Temos que antever o que pode ocorrer nessas regiões, que antes não recebiam o imigrante, mas que agora passam a receber. Precisamos estar preparados", observou.

Hoje, apenas Florianópolis oferece esse apoio mais especializado, com o Centro de Referência de Atendimento ao Imigrante (Crai) de Santa Catarina.

Além de preparar os servidores, a pasta também tem estudado parcerias com universidades do Estado, para que os imigrantes encontrem serviços de tradução. 

comentários