• Polícia 19/05/17 | 10:25:33
  • Polícia Civil e Polícia Militar de Tangará realizam prisões por furtos
  • Foram dois meses de investigações que resultaram
diminuir o tamanho do texto aumentar o tamanho do texto
  • Fonte/Autor: Jornalismo Tangará AM com informações da Delegacia de Polícia
  • Foto: Polícia Civil

Nesta quinta-feira 18, a Polícia Civil e Militar da Comarca de Tangará realizaram três prisões após a identificação de associação criminosa que se dedicava aos crimes patrimoniais.

Foram dois meses de investigações que resultaram na instauração de dezenove procedimentos policiais para investigação de 21 furtos e 3 roubos.

Os dezenove inquéritos foram concluídos com a identificação, indiciamentos e prisões de M.S.L, F.A.G, P.H.S por furtos, O.R.S por receptação e Y.M.L por furtos e roubos. Mais oito pessoas foram indiciadas por furtos e receptação.

Durante a investigação significativa, parte dos objetos foram recuperados e as vítimas restituídas.

O resultado das investigações revela um grau de resolubilidade de mais de 90% dos furtos e 100% dos roubos.

Segundo o Delegado de Polícia Jeferson Alessandro Prado Costa, com as prisões que aconteceram nos dias 19/04, 26/04 e 18/05, espera-se uma diminuição nos registros de crimes patrimoniais no município de Tangará.

O Delegado Jeferson fala do trabalho realizado em conjunto com a PM e apoio do Judiciário da comarca.

Além das prisões desta quinta-feira 18, durante os últimos dias o delegado Jeferson relata a apreensão de produtos oriundos de contrabando em estabelecimentos na cidade.

comentários