• Geral 04/01/19 | 16:32:37
  • Bombeira Comunitária tangaraense auxilia em ocorrência com banhista
  • Ela estava de férias no litoral
diminuir o tamanho do texto aumentar o tamanho do texto
  • Fonte/Autor: Com informações do Corpo de Bombeiros de Tangará
  • Foto: Divulgação

Nas festas do final de ano é comum pessoas do meio oeste catarinense viajar para litoral para se banhar nas movimentadas praias. Assim fez a jovem Eduarda Piveta Gomes de Oliveira, natural de Ibiam. Ela e seu namorado estavam passando as festas de final de ano conhecendo o litoral catarinense. No último dia 02 decidiram conhecer a praia dos Ingleses na cidade de Florianópolis. Em certo momento, enquanto andavam sobre um rochedo, avistaram uma turista saltando das rochas em direção ao mar sendo que logo após ao salto solicitou ajuda, pois havia colidido contra as rochas. Tratava-se de Hanna Guimarães, residente em Brasília, no Distrito Federal.

De imediato, Eduarda auxiliou na retirada de Hanna da água e se prontificou a realizar o atendimento básico de primeiros socorros. Eduarda é Bombeira Comunitária, se formou no último dia 14 de dezembro e presta serviço voluntário no Corpo de Bombeiros Militar de Tangará. Após avaliação inicial foi constatado uma possível fratura no tornozelo. Eduarda fez a imobilização do membro lesionado e fez o acionamento dos Guarda Vidas que faziam a prevenção na praia. Por se tratar de um ponto do rochedo onde só era possível o acesso por trilhas íngremes e considerando a capacidade da paciente de ainda se locomover mesmo com dificuldade, Eduarda e seus familiares transportaram a paciente pelo mar com auxílio de uma bóia até a faixa de areia da praia. Logo após os guarda vidas da praia chegaram e conduziram Hanna até a base onde já se encontrava uma ambulância que iria fazer o transporte até o hospital.

Eduarda relata que foi uma situação desafiadora, mas com os conhecimentos adquiridos durante o curso de formação de Bombeiros Comunitários pôde realizar o atendimento com sucesso. Lembra que durante a formação, os instrutores sempre comentavam que um bombeiro sempre será bombeiro 24 horas por dia, seja em casa, na rua ou em qualquer lugar e deve sempre estar preparado para ajudar o próximo.

Hanna passa bem, foi hospitalizada e relata que foi confirmada fratura na região do tornozelo e que passará por cirurgia nos próximos dias. Fez questão ainda de agradecer toda a ajuda prestada .

comentários