• Política 10/07/19 | 12:18:33
  • Câmara de Ibiam instaura CPI sobre obra de asfalto em Linha União
  • Última sessão antes do período de recesso de julho
diminuir o tamanho do texto aumentar o tamanho do texto
  • Fonte/Autor: Assessoria de Imprensa da Câmara de Vereadores de Ibiam
  • Foto: Assessoria de Imprensa da Câmara de Vereadores de Ibiam

Foi realizada nessa terça-feira (09) a última sessão da Câmara de Vereadores de Ibiam antes do período de recesso de julho. Na oportunidade todos os parlamentares estiveram presentes sob o comando do vereador Sérgio Antonio Ramos (PSDB).

Foi aprovada em plenário Indicação de autoria de Jocimar Tesck de Oliveira (MDB) o qual sugere ao Executivo Municipal por meio da Secretaria de Obras, britar a estrada e arrumar o bueiro que está quebrado na de Linha Gaúcha, próximo a propriedade da senhora Helena Lurdes Pocera Odorisi, tendo em vista que os caminhões de leite estão tendo dificuldade para acessar a propriedade, e por algumas oportunidades já deixaram de recolher o leite, prejudicando a família no escoamento de sua produção. Em sua justificativa o vereador Jocimar justificou relata que a situação da estrada está calamitosa e o bueiro está quebrado e não dá vazão suficiente.

Ainda houve a aprovação de Requerimento dos vereadores da bancada de oposição, cito, Miguel Felicetti (MDB), Clodomir Domingos Parise (MDB), José Henrique Ramos Moreira (PSD) e Jocimar Tesck de Oliveira (MDB) que considerando os diversos procedimentos realizados das formas mais variadas possíveis para a realização da pavimentação asfáltica da Linha União e buscando esclarecer a quantidade de dinheiro público utilizada e sua forma, desde o seu início com a audiência pública até o período em que perdurar a CPI, para apurar a existência ou não de irregularidades. Sendo assim requerem a instauração de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), para apurar os fatos pertinentes a pavimentação asfáltica da Linha União, principalmente a realização de despesas, processos licitatórios, material utilizado, mão de obra, enfim toda a despesa pública realizada para que o projeto fosse realizado.

Os vereadores justificam que é dever constitucional do Poder Legislativo fiscalizar a aplicação das verbas e recursos públicos.

Por sua vez, o presidente Sérgio Antonio Ramos (PSDB) nomeio os vereadores Miguel Felicetti (MDB), José Henrique Ramos Moreira (PSD) e Mauri Dissegna (PT), para comporem a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI).

Como não houve tema na Ordem do Dia de imediato conforme rege o regimento interno o presidente passou para a Palavra Livre.

O vereador Jocimar Tesck de Oliveira (MDB) relatou situação que lhe deixou intrigado esta relacionada a situação enfrentada pela senhora Dejanira Terris que não foi atendida pela Secretaria de Saúde de Ibiam no apoio de transporte da mesma até Curitiba/PR para realização de exame. Contesta a forma como a Administração esta agindo, favorecendo alguns em detrimento de outros no apoio do transporte de pacientes seja, com consulta de médico particular ou público.

Mauri Dissegna (PT) destacou melhorias na estradas por meio de britagem nas comunidades de Santo Alésio, Vista Alegre e Linha Gaúcha. Acredita que com a condição do tempo favorável será realizado trabalhos de cascalhamento nestes locais. Aproveitou para parabenizar pelos 24 anos de Ibiam e convidou para jantar dançante italiano na próxima sexta-feira (12) promovido pela capela Nossa Senhora da Mãe do Salvador. Informou que o Secretário de Agricultura tem feito o possível para atender a todos os agricultores e as comunidades.

Clodomir Parise (MDB) relatou situação de alunos e moradores quando da espera do ônibus na comunidade de São Sebastião o qual pelas condições das estradas há dificuldades de tráfego. Criticou a forma que a Administração vem lidando com esta realidade, concentrando as máquinas apenas na Linha União e chamou a atenção do vereador Jocimar que propôs pagar as britas com seu salário. Segundo Clodomir vai faltar dinheiro para atender a demanda. Questionou a van da saúde que estaria licitada e em 30 dias estaria em uso, mas até o momento não houve incremento na frota da saúde.

Irineu Salvadori (PDT), que é o líder do prefeito na Câmara, explicou que foi licitada outra van, tendo em vista que aquela que motivou uma CPI o município não tem interesse no veículo, até será aplica multa a empresa de Videira no valor de R$ 17 mil, tendo em vista cláusula do contrato que previa penalização com pagamento de multa. Com relação a transportar pacientes deve ser feito pelo Executivo, independente de quem seja e/ou encaminhamento médico particular ou público.

Miguel Felicetti (MDB) por sua vez cobrou providências sobre a falta de água em propriedades próximas a Linha União o que leva a crer que é devido a forma que esta sendo feito o asfalto pela Administração e esclareceu sobre financiamento de asfalto na Caixa Econômica

Irineu Salvadori (PDT) voltou a tomar a palavra para destacar que a multa foi gerada por que a empresa não cumpriu com as normas do edital de licitação da van da saúde. Jocimar Tesck de Oliveira (MDB) questionou a forma como o município vai devolver o coletivo a empresa vencedora da licitação, tendo em vista que esta documentada como patrimônio de Ibiam.

José Henrique Ramos Moreira (PSD) afirmou aceitou fazer parte de mais uma CPI pois não pode se omitir a uma das funções do vereador que é fiscalizar. Acredita que com os trabalhos da comissão serão esclarecidas dúvidas da população sobre a forma que esta sendo feito o asfaltamento rural em Ibiam. Espera que tenha-se o mesmo respeito entre as partes nesta nova CPI e prevaleça a verdade.

Márcia Aparecida Gomes de Oliveira (PP) comentou que o tema do transporte de pacientes a Secretaria de Saúde disponibiliza uma ambulância com médico ou enfermeira para acompanhar o paciente mas, isso depende da solicitação e da urgência do atendimento. Ela acredita que no caso citado (Dejanira) não houve solicitação médica e não era caso de urgência/emergência. Com relação a licitação da Van da Saúde recordou laudo do perito que demonstrou que o coletivo estava apto para uso e pelo trabalho da CPI não foi constado nenhuma irregularidade dos procedimentos da comissão de licitação da prefeitura. Ele finalizou destacando que a multa referenciada ao a Van da Saúde é por que estava estipulada no edital mas também aguarda os esclarecimentos do líder do prefeito sobre o assunto.

Ao final o presidente Sérgio Antônio Ramos (PSDB) convocou os vereadores para a próxima sessão ordinária a realizar-se no dia 06 de agosto, ás 18:30 horas, tendo em vista o período do recesso parlamentar.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Câmara de Vereadores de Ibiam

comentários